Este fim-de-semana irão realizar-se os dois primeiros jogos da final do play-off do campeonato nacional de futsal, tendo Sporting e Benfica como finalistas.
Para aqui chegar, a equipa leonina eliminou nas meias-finais o Instituto D. João V, em apenas dois jogos (3-1 e 4-3). Já o Benfica levou a melhor sobre o Belenenses, nas meias-finais, também necessitando apenas de disputar as duas primeiras partidas (3-1 e 3-1).

Agora na final, o Sporting procura chegar a um título que lhe foge desde 2005/2006, ao passo que o Benfica irá lutar para somar o seu quarto título consecutivo.

Em entrevista ao SAPO Desporto, o capitão do Sporting, João Benedito, reconhece a frustração e, até, uma certa raiva anterior pelo jejum de títulos que existe no que diz respeito ao campeonato nacional: “Há uma vontade chegar aos títulos, há uma raiva interior com que nós temos de viver todos os dias que é o insucesso relativamente ao título de campeão nacional, mas nada particularizado com outras pessoas ou com o Benfica em si. Se temos de ter essa raiva é connosco mesmos por não conseguirmos atingir esses objectivos. Os outros fazem o trabalho deles, pelo visto, em relação ao Benfica, têm-no feito bem”.

Para esta final, o guarda-redes do Sporting espera jogos muito renhidos, em que o factor psicológico irá ter uma grande preponderância no desenrolar dos encontros: “Vai ser um jogo disputadíssimo. Vai ter uma envolvente emocional e de equilíbrio psicológico muito forte. Vai ser um jogo onde a cabeça de cada jogador pode influenciar o resto da equipa”.

À margem disse, o jogador leonino espera que haja, como habitualmente, muita “intensidade, luta” isto é, “uma mini-época de emoções e vivências”.

A única diferença presente neste dérbi, é o facto de o Sporting ir enfrentar um Benfica consagrado campeão Europeu. Mas isso não tem qualquer peso no jogo e na forma de olhar o adversário, na opinião de João Benedito: “Quando se está num clube com a dimensão do Sporting, olhamos primeiro para dentro e vemos a grandeza deste clube. Debaixo para cima nunca vamos olhar para ninguém, vamos olhar no mesmo patamar ou de cima para baixo. Preocupamo-nos primeiro connosco e não com os outros clubes”.

Até porque, de acordo com João Benedito, “o Sporting tem tudo para ser campeão”.

O primeiro jogo entre Sporting e Benfica decorre este sábado no pavilhão Paz e Amizade em Loures, a partir das 17 horas. Domingo terá lugar no mesmo pavilhão, o segundo encontro, a partir das 16h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.