O Sporting venceu esta tarde o Benfica, por 4-7, após prolongamento, no pavilhão da Luz, e empatou ao segundo jogo a final do campeonato nacional de futsal, com os rivais a terem uma vitória para cada lado numa decisão à melhor de cinco desafios. Os leões impuseram a primeira derrota da temporada aos encarnados e podem selar o título em sua casa, caso vençam os dois próximos jogos em Odivelas.

Num pavilhão da Luz novamente bem preenchido, o Sporting mostrou-se hoje muito superior ao que exibiu na véspera e dominou por completo o encontro. Com maior rapidez e acutilância, os leões aproveitaram alguma apatia inicial dos encarnados. Depois de um lance em que os encarnados até chegaram a colocar a bola na baliza leonina, mas com o lance a ser invalidado por falta, o clube da Luz sofreu a primeira contrariedade, com a expulsão de Juanjo logo aos 4'.

Contudo, o Sporting não aproveitou a provisória vantagem numérica em campo e foi preciso esperar até aos 12' pelo primeiro golo, com os leões a marcarem por Diogo, com um remate colocado após boa jogada individual, sem que Bebé conseguisse evitar o tento.

Num jogo muito disputado e sem grande espetacularidade ou ocasiões, o 0-1 resistiu até ao intervalo.

Depois, Caio Japa elevou aos 32' para 0-2 a vantagem leonina, materializando a clara superioridade leonina na partida. O Benfica mostrava poucas soluções no ataque e ainda menos clarividência na hora de visar a baliza de André Sousa.

Quando tudo apontava para o triunfo leonino, o Benfica dá uma prova de vida a jogar em 5x4, ao apontar dois golos no último minuto do jogo, por Bruno Coelho e Chaguinha, restabelecendo o empate e adiando tudo para o prolongamento.

O tempo extra começou de forma absolutamente alucinante e frenética, com a equipa de Joel Rocha a fazer a reviravolta no marcador logo no primeiro minuto, novamente por Chaguinha. Contudo, a formação de Nuno Dias não se deixou abater e reagiu de imediato, com nova reviravolta nos minutos seguintes, graças a um 'bis' de Marcelinho, que repôs a vantagem leonina para 3-4, de imediato reforçada com mais um golo de Alex (3-5).

Na segunda parte do prolongamento, o Benfica ainda responde com o quarto golo, da autoria de Patias, mas o triunfo leonino seria confirmado no último minuto com mais dois golos de Alex, quando o Benfica já procurava em desespero o golo que lhe desse o empate.

Com este triunfo na Luz, os bicampeões nacionais estão agora em posição privilegiada para revalidar o título. Os dois próximos jogos estão agendados para os dias 13 e 14, em Odivelas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.