O Masters de Augusta, um dos quatro torneios de golfe mais importantes do calendário internacional, que deveria decorrer entre 09 e 12 de abril, foi adiado, devido ao novo coronavírus.

“Na quarta-feira, emitimos um comunicado em que indicámos que os nossos planos para organizar o Masters não tinham mudado. Infelizmente, os riscos associados ao novo coronavírus (Covid-19) são cada vez maiores”, justificou o presidente do Masters.

Fred Riley lamentou a decisão, mas disse estar seguro de que é o “mais apropriado em circunstâncias únicas”.

Deste mondo, o primeiro dos quatro ‘majors’ da época, no último ano conquistado pela quinta vez por Tiger Woods, fica adiado para uma data em que se possa “organizar em segurança”.

Além dos Masters, os outros ‘majors’ são o Open dos Estados Unidos (em junho), o Open Britânico (em julho) e o Campeonato PGA (em agosto).

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.100 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados.

Os Estados Unidos têm até ao momento identificados 1.832 casos de infetados e 41 mortes associadas ao novo coronavírus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.