O golfista português Ricardo Santos protagonizou ontem mais uma volta consistente no Betfred British Masters, que está a decorrer no The Belfry (Par 72), e ascendeu ao 36.º lugar da classificação, liderada pelo inglês Eddie Pepperell.

O algarvio, de 38 anos, voltou a repetir as mesmas 70 pancadas (-2) da segunda ronda, após uma estreia com 73 ‘shots’, e subiu cinco lugares no ‘leaderboard’, com um total de 213 pancadas, três abaixo do Par.

Depois de marcar cinco ‘birdies’ (uma abaixo) nos buracos 1, 3, 5, 7 e 17 e dois ‘bogeys’ (6 e 11), Santos, que concluiu o buraco 17 dentro do ‘top 25’, não conseguiu evitar novo ‘bogey’ no derradeiro ‘green’ e acabou por descer, assim, ao grupo dos sete golfistas que partilham a 36.ª posição à partida para a última ronda.

“Voltei a fazer um ‘bogey’ no 18, tal como ontem [quinta-feira], porque falhei novamente o ‘fairway’. Mas joguei bem, foi uma volta consistente, embora tenha tido um mau momento no buraco 10, onde a bola fez uma gravata e falhei o ‘birdie’, e depois sofri o ‘bogey’ no 11. Esse foi o momento do jogo. Mas estou contente porque joguei bom golfe”, confessou o profissional português, em declarações à Lusa.

Na frente do Betfred British Masters, com 206 pancadas (-10), o inglês Eddie Pepperrel comanda com a vantagem mínima sobre um grupo de seis jogadores que partilha a segunda posição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.