O golfista português Vítor Lopes ascendeu hoje ao segundo lugar do Frederikshavn Challenge, torneio do Challenge Tour, enquanto o compatriota Pedro Figueiredo viveu uma jornada menos feliz e caiu no ‘leaderboard’.

O profissional algarvio, que havia concluído a ronda inaugural com cinco abaixo do Par do Frederikshavn GolfKlub, manteve-se em alta e, com um segundo cartão com 67 pancadas, graças a seis ‘birdies’ (uma abaixo) nos buracos 3, 4, 10, 11, 13 e 18 contra apenas um ‘bogey’ (uma acima) no 14, colocou-se a dois ‘shots’ do líder, o alemão Freddy Schott.

Com um agregado de 134 pancadas (67+67), Lopes, de 26 anos, está isolado na segunda posição, com a vantagem mínima sobre o espanhol Manuel Elvira.

Já Pedro Figueiredo, depois dos 66 ‘shots’ na abertura, contabilizou na segunda volta mais 10 e, ao somar 142 pancadas (66+76), desceu 29 lugares na classificação, figurando no 31.º posto, empatado, com outros 10 jogadores.

Pedro Lencart, o outro português a disputar a prova pontuável para o Challenge Tour, cumpriu o Par do campo e, com um total de 143 pancadas (71+72), vai partir para a penúltima ronda do 42.º lugar, após passar o ‘cut’ (Par) por dois ‘shots’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.