Os irmãos Ricardo e Tomás Melo Gouveia asseguraram a qualificação para as últimas duas voltas do Challenge de Cádis em golfe, no Iberostar Real Club de Golf Novo Sancti Petri, enquanto Miguel Gaspar falhou o ‘cut’.

Numa prova do calendário do Challenge Tour com a participação de três portugueses, Ricardo Melo Gouveia, membro efetivo do circuito, foi quem mais se destacou nos 36 buracos iniciais, ao integrar o 25.º lugar da classificação, com um agregado de 141 pancadas, três abaixo do Par 72 do campo espanhol.

Depois dos 71 ‘shots’ iniciais, o profissional natural de Lisboa, de 29 anos, completou a segunda volta com 70 pancadas (-2), graças a ‘birdie’ (uma abaixo) nos buracos 10, 11 e 12, ‘eagle’ (duas abaixo) no 2 e ‘bogey’ (uma acima) no 1, 7 e 16.

Já Tomás Melo Gouveia, após uma ronda inaugural com 74 pancadas (+2), hoje igualou os 70 ‘shots’ do irmão mais velho e conseguiu trepar no ‘leaderboard’ para a 58.ª posição, com um total de 144, passando, assim, no limite o ‘cut’, que ficou estabelecido no Par do campo.

Miguel Gaspar, ao contrário dos irmãos Melo Gouveia, não foi capaz de conquistar uma vaga entre os 74 melhores golfistas que se apuraram para as últimas duas rondas e, com um agregado de 150 pancadas (77+73), seis acima, ficou no 124.º posto do ‘leaderboard’, liderado pelo belga Kristof Ulenaers, com 130 (65+65).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.