O golfista norte-americano Phil Mickelson terminou hoje a primeira volta na liderança do Open dos Estados Unidos, depois de o inglês Luke Donald ter falhado a tacada a pouco mais de um metro de distância do último buraco.
Mickelson precisou de 67 pancadas, três abaixo do PAR, para completar a primeira volta, que só ficou concluída hoje após ter sido interrompida por falta de luz natural na quinta-feira, impedindo 78 jogadores de terminar a jornada, entre os quais Donald.
Apesar das diversas paragens, uma delas de mais de três horas, devido à chuva que caiu no Merion Club, em Ardmore, Pensilvânia, Mickelson, cinco vezes segundo classificado neste torneio do Grand Slam (um recorde), mas sem nunca ter conseguido ganhar, terminou a primeira volta na quinta-feira, mas teve de esperar hoje pelo retomar da competição, cuja segunda volta já decorre.
Donald, que na altura da interrupção seguia com quatro pancadas abaixo do PAR após 13 dos 18 buracos, teve uma manhã menos produtiva, comprometendo a liderança com dois “bogeys”, no 16.º e 18.º buracos, para terminar com 68 golpes.
O norte-americano Tiger Woods, vencedor do US Open em três ocasiões e um dos grandes favoritos, parece ter-se magoado no punho esquerdo na segunda bancada do primeiro buraco, o que pode explicar o seu mau arranque, com seis "bogeys" para apenas três "birdies".
Woods, que procura este ano igualar o recorde de quatro títulos no Open dos Estados Unidos, terminou com 73 golpes, três acima do PAR, o que deve comprometer o objetivo de conquistar o 15.º título de um “major”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.