Charlie Sifford, primeiro jogador de golfe negro no circuito profissional norte-americano (PGA) e mentor de Tiger Woods, morreu esta quarta-feira aos 92 anos.

Sifford, que serviu no exército norte-americano durante a II Guerra Mundial, tornou-se profissional em 1960, contando com dois títulos no seu palmarés, e entrou no "Hall of Fame" do golfe em 2004.

"É uma perda terrível para o nosso desporto e para mim pessoalmente. O meu 'avô' deixou-nos, perdemos alguém bom e corajoso", lamentou Tiger Woods.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que o tinha condecorado em 2014, também quis prestar a sua homenagem a Sifford.

"Charlie foi o primeiro afro-americano a receber a licença para participar no circuito PGA e teve, frequentemente, de enfrentar a indignidade e a injustiça", recordou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.