O golfista belga Thomas Pieters e o francês Matthieu Pavon assumiram hoje o comando do 15.º Portugal Masters, no Dom Pedro Victoria Golf Course, onde Ricardo Santos manteve-se à frente de Vítor Lopes e Tomás Melo Gouveia.

Numa terceira volta em que o vento voltou a soprar com intensidade, o italiano Nino Bertasio, líder desde a ronda inaugural, revelou-se desacertado e cedeu o comando aos dois golfistas que fizeram o melhor resultado do dia, 65 pancadas.

Thomas Pieters e Matthieu Pavon vão partir para a derradeira corrida ao título com um agregado de 197 pancadas, 16 abaixo do Par do campo algarvio, e uma vantagem de quatro ‘shots’ sobre o dinamarquês Lucas Bjerregaard, campeão do Portugal Masters em 2017.

Já Ricardo Santos desceu ao 34.º lugar, com um agregado de 210 pancadas (70+69+71), enquanto Vítor Lopes e Tomás Melo Gouveia partilham a 57.ª posição, ambos com um total de 216.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.