Concluída a terceira ronda do torneio português do European Tour no sábado, hoje é dia de encontrar o sucessor do sul-africano George Coetzee, que ergueu o troféu há um ano e está numa discreta 50.ª posição, e Pieters e Pavon são os que se encontram em melhor posição.

A discussão pelo título está, contudo, em aberto, uma vez que ambos partilham o comando do ‘leaderboard’ com 197 pancadas, 16 abaixo do Par, e detêm uma vantagem de quatro ‘shots’ sobre o terceiro classificado, o dinamarquês Lucas Bjerregaard, campeão no Algarve em 2017.

Entre os três portugueses que passaram o ‘cut’, Ricardo Santos, membro efetivo do European Tour, continua a ser o mais bem colocado, ao partilhar o 34.º lugar com o escocês Stephen Gallacher, ambos um agregado de 210.

Depois das 70 pancadas iniciais e de um segundo cartão com 69 ‘shots’, Santos cumpriu o Par do campo na terceira volta e está com três abaixo no total, enquanto Vítor Lopes e Tomás Gouveia estão, empatados, no 57.º posto da classificação, com um agregado de 216 pancadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.