O golfista português Ricardo Melo Gouveia terminou hoje no sexto lugar, empatado, o Challenge de Cádis, torneio do Challenge Tour, que se realizou no Iberostar Real Club de Golf Novo Sancti Petri, onde Tomás Gouveia foi 66.º classificado.

O profissional de Lisboa havia partido da sexta posição para a quarta volta e, ao fechar a sua exibição com 70 pancadas, duas abaixo do Par do campo espanhol, manteve-se no ‘top-10’, após registar ‘bogey’ (uma acima) nos buracos 1, 5, 9 e 14, ‘birdie’ (uma abaixo) no 4, 11, 15 e 17 e um ‘egale’ (duas abaixo) no 13.

Com um total de 278 pancadas (71+70+67+70), dez abaixo, Ricardo Melo Gouveia alcançou o seu segundo melhor resultado da temporada, após o terceiro lugar conquistado no Dormy Open, no final de maio, na Suécia.

“Estou muito satisfeito com o sexto lugar, especialmente porque hoje não me senti a jogar ao meu melhor nível. Falhei um bocadinho em todos as áreas do jogo”, confessou o profissional português, de 29 anos, e 25.º colocado no ‘ranking’ do Challenge Tour.

Já o seu irmão Tomás Gouveia despediu-se do Challenge de Cádis entre os três golfistas que partilharam a 66.ª posição do 'leaderboard', com um agregado de 291 ‘shots’ (74+70+74+73), três acima, numa competição ganha pelo jovem belga Kristof Ulenaers, de 22 anos, ao contabilizar 269 ‘shots’ (-19).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.