O golfista português Ricardo Melo Gouveia, membro do Challenge Tour, concluiu os primeiros 36 buracos do Irish Challenge entre os 20 primeiros do ‘leaderboard’, no Portmarnock Links (Par 71), em Dublin, Irlanda.

O profissional natural de Lisboa, de 29 anos, concluiu a segunda volta no Par do campo e, depois dos 72 ‘shots’ inaugurais, uma acima, totalizou 143 pancadas (+1) para ascender ao 20.º lugar, empatado, na classificação.

Com três ‘birdies’ (uma abaixo) nos buracos 1, 11 e 17, um ‘bogey’ (uma acima) no buraco 5 e um ‘duplo-bogey’ (duas acima) no 13, onde na primeira volta havia registado um ‘triplo-bogey’ (três acima), Melo Gouveia qualificou-se hoje confortavelmente para as últimas duas rondas, que serão disputadas pelos 62 melhores jogadores, após o ‘cut’ ter ficado fixado nas 146 pancadas (+5).

“Estive bastante consistente do ‘tee’ ao ‘green’, mas não consegui criar muitas oportunidades claras para ‘birdie’. Ainda falhei um ou outro ‘putt’ mais pequeno, mas no geral foi uma boa volta”, explicou o golfista português, à agência Lusa.

Num dia em que, segundo Melo Gouveia, “as condições climatéricas estiveram bastantes difíceis nos primeiros buracos, com chuva, vento e frio”, apenas 10 jogadores completaram os dois primeiros dias com um agregado abaixo do Par do campo, onde ontem o inglês Gary King roubou ao espanhol Alfredo Garcia-Heredia o comado da prova, ao contabilizar 136 ‘shots’ (-6), menos um que o anterior líder.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.