O português Ricardo Melo Gouveia terminou hoje em 19.º lugar no Masters da Andaluzia, vencido pelo espanhol Adrian Otaegui, a terceira melhor classificação alcançada este ano no mais importante circuito europeu de golfe.

Ricardo Melo Gouveia entregou um cartão no quarto e último dia de competição com 70 pancadas, uma abaixo do par do campo, em consequência de quatro ‘birdies’ (uma pancada abaixo do par do buraco) e três ‘bogeys’ (uma acima), terminando com um total de 283, uma abaixo do par.

O golfista português, de 31 anos, obteve a terceira melhor classificação do ano no campo do Real Club Valderrama, em Sotogrande, depois do sétimo lugar alcançado no Open dos Países Baixos e do oitavo no Campeonato Barbasol, nos Estados Unidos.

Ricardo Melo Gouveia poderia estar a festejar o terceiro resultado em 2022 dentro dos 10 primeiros classificados, mas as sete pancadas que necessitou na sexta-feira para concluir o buraco número nove, um par quatro, deitou por terra essa possibilidade.

O Masters da Andaluzia foi vencido pelo espanhol Adrian Otaegui, que terminou com um agregado de 265 golpes, 19 abaixo do par do campo, e com seis de vantagem sobre o segundo posicionado, o sueco Joakim Lagergren, tendo hoje efetuado 68.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.