A seleção portuguesa de amadores de golfe lidera, no final do primeiro dia, a segunda edição da Taça Manuel Agrellos por 6,5-3,5, frente à congénere de profissionais.

Capitaneada pelo profissional Luís Barroso, do Centro de Formação Nacional de Golfe do Jamor, a equipa amadora da Federação Portuguesa de golfe (FPG) adiantou-se logo de manhã, ao triunfar por 3-2 nos “fourball” (pares de 4 bolas em jogo), para depois cimentar à tarde o comando com um sucesso de 3,5-1,5 nos “foursomes” (pares com pancadas alternadas).

Na chamada Ryder Cup portuguesa, a Taça Manuel Agrellos – uma homenagem ao presidente da FPG, organizada pela Associação e Profissionais de Golfe (PGA) – termina no sábado com os aliciantes 10 confrontos de singulares, autênticos «mano-a-mano» entre os melhores golfistas portugueses, com início às 08h00.

José Correia, presidente da PGA de Portugal e capitão da seleção de profissionais, considera que «três pontos a este nível, com dez `matches´ pela frente, são perfeitamente recuperáveis», razão pela qual diz acreditar que, «jogando de forma agressiva de modo a pontuar cedo», é ainda possível à sua equipa «vencer a competição».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.