O Benfica apurou-se este sábado para a final da Liga Europeia de hóquei em patins, ao superar na primeira meia-final o Barcelona.

O jogo disputado no Dragão Caixa, no Porto, ficou apenas decidido no desempate (2-1) por grandes penalidades, depois de um empate a quatro golos no tempo regulamentar e prolongamento.

Os encarnados contaram com a inesperada inspiração do seu guardião suplente, Pedro Henriques, no momento dos penáltis, já que o jovem de 21 anos evitou três das quatro tentativas dos catalães.

Pablo Alvarez (23), Sergi Panadero (24), Marc Torra (37) e Sergi Mira (42) marcaram para os catalães, enquanto os golos do Benfica foram apontados por Luís Viana, em duas grandes penalidades (27 e 37), e Carlos Lopez (03 e 50), que forçou o prolongamento no último minuto.

A equipa portuguesa, que procura o seu primeiro título de campeão da Europa, vai defrontar na final, no domingo, o vencedor da outra meia-final, que opõe o anfitrião FC Porto aos italianos do Valdagno, de Itália, a partir das 18h00. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.