O Benfica falhou no sábado a presença na final da Taça Intercontinental feminina de hóquei em patins, ao perder por 4-3 com as anfitriãs do Concépcion HC, na meia-final disputada em San Juan, na Argentina.

A formação ‘encarnada’, vice-campeã europeia em título, chegou à vantagem por Marlene Sousa, aos dois minutos, mas as campeãs sul-americanas deram a volta e atingiram o intervalo a vencer por 3-1, com golos de Verónica Dieguez, aos três, Milagros Carrera, aos 16, e Maria Florencia Felamini, aos 21.

No derradeiro segundo da primeira parte, a guarda-redes portuguesa Maria Vieira ainda impediu que as argentinas elevassem a vantagem ao negar, por duas vezes, dado que a equipa de arbitragem mandou repetir, a conversão de uma grande penalidade, por Maria Florencia Felamini.

Na segunda parte, na pista do mítico pavilhão Aldo Cantoni, ‘catedral’ do hóquei argentino, a equipa do Concépcion HC elevou para 4-1, através de um golo de contra-ataque por Maria Florencia Felamini e deixou no ar a ideia de que o encontro estava resolvido.

Tirando partido de alguma quebra física das argentinas, o Benfica cresceu com o decorrer da segunda parte e reduziu para a diferença mínima de 4-3, com golos de Maria Sofia Silva, aos 40 minutos, e da espanhola Aina Arxé, aos 43.

Com sete minutos para jogar, a formação ‘encarnada’ caiu em cima das argentinas e dispôs de várias ocasiões para empatar e ‘empurrar’ a decisão do encontro para o prolongamento, a mais flagrante das quais por Marlene Sousa.

Na segunda meia-final, defrontam-se as espanholas do Gijón HC, campeãs europeias em títulos, e as argentinas do Andes Talleres, vice-campeãs da América do Sul.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.