A equipa de hóquei em patins do Benfica já prepara o grande embate com o Barcelona para a quinta jornada do grupo A da Liga Europeia, agendado para este sábado no Pavilhão da Luz. Esta quarta-feira, a formação comandada por Pedro Nunes realizou um treino aberto à imprensa e lançou o mote para o duelo com os catalães pelo primeiro posto, já que ambos repartem a liderança com 10 pontos e estão apurados para os quartos de final.

Depois de ter visto a sua equipa conquistar um precioso empate (1-1) na Catalunha, o treinador Pedro Nunes mostra-se confiante numa boa resposta da equipa a jogar agora na sua casa. “A equipa está num momento muito bom. Os resultados e as exibições respondem a essa questão. Não podia haver melhor adversário nesta altura para o Benfica que a melhor equipa da Europa: o Barcelona”, disse o técnico encarnado.

Em declarações aos jornalistas após a sessão de trabalho, Pedro Nunes enalteceu também o poderio do adversário espanhol. “É um jogo difícil, que pode ser decidido nos detalhes. Há muita qualidade individual e organização coletiva. Jogar contra o Barcelona e pensar em ganhar sem defender bem está fora de questão. O Benfica tem de ser uma equipa organizada no plano defensivo e perigosa quando tiver a bola. Penso que estão reunidas as condições para um excelente jogo de hóquei em patins”, acrescentou.

A liderança partilhada no grupo A da Liga Europeia e a liderança isolada no campeonato nacional abrem boas perspetivas para os encarnados e o treinador não admite abdicar de nenhuma prova numa época que pode ser de sucesso para o clube da Luz. “Não vai haver necessidade de abdicar de nenhuma prova, no hóquei não há lugar a prioridades. Sabemos de antemão que o grande objetivo da época é ser campeão nacional, mas não vamos descurar as outras competições”, frisou, agradecendo ainda à Federação de Patinagem de Portugal pela elaboração de um calendário competitivo que ‘protege’ as equipas que irão estar envolvidas na ‘final four’ da Liga Europeia.

A terminar, o treinador de hóquei do Benfica apelou à presença dos adeptos no Pavilhão da Luz. “Nunca vi este pavilhão cheio e gostava que acontecesse já este sábado. Não me canso de enaltecer os nossos adeptos, mas este jogo merece mais gente. Estou em crer que não vão faltar a este meu pedido e ao pedido da equipa”, sentenciou.

Em nome do plantel falou o capitão Valter Neves, subscrevendo a ambição manifestada pelo treinador. Em declarações ao SAPO Desporto, o hoquista português enfatizou a boa fase que a equipa atravessa. “A equipa está confiante para poder disputar este jogo da melhor forma. Sabemos que o valor do adversário é imenso e isso é indiscutível, mas também estamos confiantes nas nossas capacidades, no facto de jogarmos perante o nosso público e atravessamos um bom momento, pelo que queremos aproveitar isso”, explicou.

Sem querer considerar o encontro com os campeões europeus como o “mais difícil da época”, Valter Neves referiu também que o empate na Catalunha não é uma garantia de triunfo em casa: “De facto, fizemos um bom resultado em Barcelona, mas também sabemos que o Barcelona é uma equipa consegue discutir o jogo em qualquer reduto. Dessa forma, temos de nos apresentar com as melhores capacidades, porque o facto de termos empatado em Barcelona não nos dá a vitória aqui”.

Por fim, Valter Neves reiterou a ambição do Benfica em voltar a ser campeão europeu, depois do êxito em 2013. “O sonho da Liga Europeia está vivo e continuará sempre vivo aconteça o que acontecer nesta partida. Desde o momento em que começámos a disputar o primeiro jogo esse sonho manteve-se e assim vai continuar”, concluiu.

O jogo entre o Benfica e o Barcelona realiza-se este sábado, às 19h00, no Pavilhão da Luz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.