As diferenças entre as duas equipas fazia prever que o Benfica conseguisse em Barcelos os pontos que necessita para não deixar fugir mais o campeão FC Porto.

No entanto, o resultado foi outro.O Óquei de Barcelos deixou jogar os encarnados e apostava no contra-ataque, que deu frutos. Bruno Matos abriu a contagem para os da casa. O Benfica tentou reagir, mas o guardião minhoto estava em dia sim e foi negando o golo.

Tiago Rafael fez o empate e pouco depois Caio colocou o Benfica na frente, pela primeira vez.

O Benfica dominava, mas o Óquei de Barcelos nunca baixou os braços e numa boa jogada de ataque, Bruno Matos repôs a igualdade. A três segundos do final, Leandro Wata marcou o golo da vitória minhota, muito importante para a manutenção no campeonato. O Benfica, apesar da derrota, mantém o segundo lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.