Guillem Cabestany, treinador do FC Porto, gostou da atuação da sua equipa este sábado, diante do Benfica. Os dragões voltaram a bater o eterno rival, agora por 5-2, e, uma semana depois do apuramento para a final-four da Liga Europeia, garantem o acesso à final-four da Taça de Portugal.

Confiança
"Estávamos à espera de um Benfica melhor do que o da semana passada. O que tínhamos de fazer era repetir a intensidade e vontade do jogo. Era fundamental. A equipa está confiante, entrou bem e teve a sorte de ficar na frente do marcador.

Objetivo
"O nosso objetivo era não piorar o feito na semana passada e os golos surgiram mediante o número de oportunidades criadas. A equipa tem qualidade e não só abriu o marcador como também o dilatou."

Bolas paradas
"Não acho que as bolas paradas tenham tido tanta influência no jogo, pois sem elas teríamos ganho na mesma. Mas em jogos muito fechados são fundamentais e dão tranquilidade, como hoje aconteceu".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.