O FC Porto, que sofreu na quarta-feira a sua primeira derrota no campeonato nacional de hóquei em patins, ao perder no pavilhão do Paço de Arcos (6-4), decidiu protestar o jogo devido a um alegado erro técnico da equipa de arbitragem.

O FC Porto argumenta que o guarda-redes suplente do Paço de Arcos, Hugo Garcia, "entrou inadvertidamente em campo sem que a dupla de arbitragem lisboeta [composta por Ricardo Leão e João Duarte] tivesse sancionado o atleta e a equipa com a retirada de um jogador".

"Por esse motivo, o FC Porto decidiu protestar o encontro", lê-se no sítio oficial do clube na internet.

Com esta derrota, os ‘azuis e brancos’ caíram para o quarto lugar da classificação, com nove pontos, menos três do que Benfica e Oliveirense, que comandam a prova após quatro jornadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.