A equipa de hóquei em patins do FC Porto vai mesmo ter que realizar três jogos fora do Pavilhão, depois da confirmação do TAS da decisão tomada pelo Conselho de Disciplina da Federação, devido aos incidentes registados em março na partida com o Sporting.

O clube nortenho recorreu da decisão, mas o Tribunal Arbitral do Desporto não deu provimento, confirmando a decisão do órgão da Federação Portuguesa de Patinagem.

Recorde-se que em causa estiveram alegadas agressões a Miguel Albuquerque, diretor das modalidades do Sporting.

O clube portista tinha recorrido da decisão, mas, agora, o Tribunal Arbitral do Desporto por negar o provimento, confirmando a decisão do CD da FPP.

Em causa, recorde-se, estiveram alegadas agressões durante o referido jogo, realizado a 16 de março, a Miguel Albuquerque, diretor-geral das modalidades do Sporting, e à sua mulher.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.