A anfitriã Espanha conquistou hoje o título mundial feminino de hóquei em patins pela terceira vez consecutiva, ao vencer por 8-5 a Argentina, no Palau Blaugrana, em Barcelona.

Na reedição da final de há dois anos, em Nanjing, na China, entrou melhor a Espanha, que chegou à vantagem por Berta Busquets, aos quatro minutos, após o que a Argentina equilibrou e empatou por Maria Luciana Agudo, aos nove.

Marta Piquero fez o 2-1 aos 10 minutos, para delírio do público presente, a rondar os 2.500 espetadores, mas a seleção sul-americana chegou à igualdade por Luciana Agudo aos 18, e, ainda antes do intervalo, as anfitriãs voltaram à liderança, por Laura Puigdueta, aos 23.

Aos cinco minutos da segunda parte, a Argentina voltou a empatar, por Lorena Rodriguez, mas a seleção espanhola reagiu de imediato e, em apenas dois minutos, abriu para uma vantagem de 5-3, com golos de Berta Busquets e Marta Piquero.

A Argentina manteve-se em jogo com novo golo de Luciana Agudo, aos 36 minutos, antes de Sara Gonzalez repor a diferença novamente em dois golos, aos 37, e o derradeiro esforço da seleção sul-americana aconteceu por Adriana Soto, aos 38.

Na parte final do encontro, a seleção espanhola dilatou a vantagem através da conversão de um livre direto por Maria Sanjurjo, aos 45 minutos, e a mesma atleta elevou para 8-5, a 24 segundos do fim do jogo, sentenciando a conquista do título.

A Espanha voltou a ganhar o duelo com a Argentina, que dentro de dois anos irá receber o Mundial, integrado nos World Roller Games de 2021, em Buenos Aires, e elevou para sete o número de títulos conquistados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.