Sanni Hakala, jogadora finlandesa de hóquei no gelo, sofreu um grave acidente durante um jogo do campeonato sueco entre a sua equipa, o HV71, e o Djurgarden. A jogadora chocou com violência contra um poste de uma das balizas, lesionando o pescoço e acabando por ficar paralisada do peito para baixo.

Após o incidente, Hakala foi reirada de maca do recinto de jogo, e a partida acabou por ser adiada. A jogadora foi transportada com urgência para o hospital universitário de Linkoping, onde foi sujeita a uma intervenção cirúrgica.

Pouco depois da cirurgia, a finlandesa utilizou as suas redes sociais para deixar uma mensagem emotiva e que explica as grande mudanças que ocorreram na sua vida de um momento para o outro.

"Ainda é difícil compreender o que aconteceu, que a colisão com o poste da baliza tenha sido tão grave como foi, que as consequências se tenham tornado tão grandes. Não só sou forçada a deixar de jogar hóquei, algo que tem sido uma grande parte da minha vida, mas posso também ser forçada a sentar-me numa cadeira de rodas para o resto da minha vida", começa por escrever Hakala.

Apesar do sucedido, a jogadora finlandesa sublinha que precisa de toda a sua energia para iniciar o processo de reabilitação, sublinhando que não tem medo daquilo que terá pela frente.

"Compreendo que estou agora a enfrentar uma longa e dura luta com o meu corpo e o jogo mais difícil da minha vida. Agora, preciso de concentrar toda a minha energia na reabilitação para poder recuperar o melhor possível. Peço a todos que tenham consideração e respeito por mim e pela minha família. É óbvio que esta situação é chata, mas não tenho medo de viver com isto. Não sei o que vou fazer a seguir, mas sei que vai ser incrível"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.