O calor do público presente no Pavilhão Monserrate fez logo esquecer os muitos lugares vazios. Apoio foi uma palavra que o Juventude de Viana não se esqueceu durante os 40 minutos da partida.

Tal como o jogo entre o Benfica e o Alcoy, nesta partida também se aplicaram as novas regras de jogo que irão ser utilizadas já a partir desta nova época.

A equipa convidada, o Óquei de Barcelos, conseguiu adiantar-se no marcador, por intermédio de Hugo Costa, mas o Juventude de Viana deu resposta rápida e Gonçalo Suissas marcou o primeiro para a equipa de Viana do Castelo.

Na segunda parte, houve mais golos, todos com a marca do “stick” vianense. Sapo, Paulo Almeida, Luís Viana e novamente Gonçalo Suissas marcaram pelo Juventude de Viana, deixando a equipa de Barcelos impotente durante os 20 minutos da segunda parte.

A segunda parte ficou também marcada pelos confrontos entre as equipas presentes no pavilhão, havendo inclusive cartões vermelhos, o que deixou a equipa de Barcelos a jogar apenas com 2 jogadores durante 4 minutos.

No final da partida, o Juventude celebrou, junto ao público presente, a sua vitória frente ao Óquei de Barcelos por 5-1.

A equipa vianense disputa agora a final, a realizar-se esta noite às 22 horas, com a equipa espanhola do Alcoy.

O Benfica, que foi derrota pelo Alcoy, e o Óquei de Barcelos tentam chegar agora ao terceiro lugar da nona edição do Torneio Internacional Cidade de Viana do Castelo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.