O embelezamento total de Luanda e Namibe, cidades sedes do 41º campeonato do mundo de hóquei em patins, de 20 a 28 de Setembro, figura entre as preocupações do Comité Organizador do evento.

A informação foi prestada nesta terça-feira, em Luanda, pelo porta-voz do Cohoquei, Pedro de Azevedo “Chipita”, no fim da reunião interministerial da prova, realizada no estádio 11 de Novembro, na capital, para abordar o ponto de situação da competição ímpar em África.   

O também vice-presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP) explicou que para o engalanamento de Luanda e do Namibe o comité organizador conta com o reforço dos respetivos governos provinciais.

Iluminação, pintura dos pavimentos e colocação de painéis publicitários figuram entre as ações a serem implementadas para já, numa altura em que a bilhética merece igualmente atenção especial da organização que marcará proximamente uma conferência de imprensa para anunciar detalhes sobre os preços e locais de venda.

A cidade de Luanda será palco, na primeira fase, do grupo A e C, com jogos no pavilhão Arena de Luanda, com capacidade para 12 mil espectadores. O Namibe, cujo pavilhão alberga três mil espectadores, vai albergar os jogos do grupo B e D.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.