Portugal foi hoje derrotado pela Espanha, por 6-3, em Genebra, na final do Campeonato da Europa de hóquei em patins de sub-17, num jogo que os lusos já perdiam, por 3-2, ao intervalo.

Os “pupilos” de Jorge Lopes discutiram o resultado até meados da segunda parte, claudicando um pouco na parte final, para perder por números um pouco "pesados".

Cardoso abriu o marcador para Portugal, em recarga a uma grande penalidade, mas logo de seguida o espanhol Presas empatou, beneficiando de algum deslumbramento dos lusos pela vantagem.

A Espanha dominava então e chegou à vantagem, de novo por Presas, aos 11 minutos, em forte remate de longe com o guarda-redes português tapado por Burgaya.

Aos 14 minutos, Burgaya chegou ao 3-1 e parecia que o jogo ganhava já um sentido, mas o mesmo jogador viu depois o cartão azul e na sequência Campelo reduziu.

Portugal pressionou, enquanto o catalão esteve fora, sem sucesso, e seria mesmo Burgaya, reentrado em jogo, a chegar ao 4-2, aos 21 minutos.

Palau fez o 5-2, aos 27 minutos, e no último minuto ainda se viu um golo para cada lado, primeiro o português, de Campelo, depois o espanhol, de Presas, a confirmar que a Espanha conserva o seu título continental.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.