Portugal perdeu hoje por 7-6 com a Espanha, na final do Europeu de 2022 de hóquei em patins de sub-17, em que a seleção anfitriã confirmou o estatuto de maior potência do escalão etário, com 21 títulos conquistados.

Num jogo frenético disputado em Sant Sadurní d'Anoia, a menos de 50 quilómetros de Barcelona, com um empate 4-4 ao intervalo e vantagens para as duas equipas, a Espanha bateu Portugal pela quarta vez seguida na final do Europeu, apesar dos quatro golos marcados por Vítor Oliveira, melhor marcador do torneio, com 17 remates certeiros.

Portugal entrou praticamente a ganhar por 2-0, com golos de Vítor Oliveira e Guilherme Azevedo no início da partida, mas a Espanha deu a volta ao marcador, por Pau Andreu, Jacobo Copa e Jacobo Copa, antes Vítor Oliveira empatar 3-3, repetindo a ‘dose’ no fim da primeira parte, ao igualar 4-4, de livre direto, depois de Biel Nadal ter voltado a adiantar os anfitriões.

Na segunda parte foi a formação da casa que marcou nos momentos iniciais, por Miquel Escala, tendo João Pina restabelecido mais uma vez a igualdade, antes de a Espanha arrancar para o triunfo, com golos de Àlex Ortigosa e Jacobo Copa, este último de livre direto, de pouco valendo o quarto tento de Vítor Oliveira.

A equipa portuguesa foi mais uma vez travada pela Espanha no jogo decisivo (as duas anteriores tinham acontecido em casa, em Paredes, em 2021, e Torres Vedras, em 2019), mantendo-se com 14 troféus na competição, o último alcançado em 2017, em Fanano (Itália), também numa final perante a Espanha.

Além dos países ibéricos, apenas a Itália integra a galeria de vencedores do Campeonato da Europa de hóquei em patins de sub-17, com seis títulos, mas no Europeu de 2022 teve de contentar-se com a medalha de bronze, obtida hoje graças ao triunfo sobre a França, por 2-0, após prolongamento.

A derrota frente à Espanha foi a única sofrida no torneio pela ‘equipa das quinas’, que na fase de grupos se impôs a Alemanha (7-0), Andorra (21-0) e Itália (2-0), antes de golear a Suíça nos quartos de final, por 14-0, e superar a França nas ‘meias’, por 2-0.

Nos restantes jogos realizados hoje, a Suíça venceu Andorra por 4-2 no jogo de atribuição do sétimo e oitavo lugares, enquanto a Alemanha impôs-se a Inglaterra por 4-3 na luta pela quinta e sexta posições.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.