Luís Filipe Vieira "respondeu" à Pinto da Costa sobre tempo de jogo, em alusão aos golos sofridos pelos encarnados, já nos descontos, frente ao FC Porto para a Liga e frente ao Chelsea na final da Liga Europa.

Numa homenagem aos jogadores do clube que se sagraram vencedores da Liga Europeia de Hóquei em Patins em pleno Dragão Caixa frente ao FC Porto, o líder encarnado lembrou que o clube também sabe ganhar para lá do tempo regulamentar.

«Não interessa onde ganhamos ou contra quem ganhamos, principalmente porque nesta casa estamos habituados a celebrar as nossas vitórias, nunca as derrotas dos outros. Nesta casa também sabemos ganhar nos descontos e no prolongamento», afirmou Luís Filipe Vieira, num evento que teve lugar no camarote presidencial do Estádio da Luz.

O líder encarnado lembrou que os benfiquistas já deviam ter festejado outro título europeu, numa alusão a final da Liga Europa perdida para o Chelsea.
«Se houvesse justiça, [a conquista da Liga Europa de Hóquei em Patins], seria a nossa segunda conquista europeia esta época. Mas já sabemos que justiça no desporto não existe», sublinhou Vieira.

O presidente dos encarnados falou do ambiente que rodeou a final, onde o Benfica chegou a ameaçar não comparecer em campo, alegando falta de segurança no pavilhão Dragão Caixa.

«Houve uma grande indefinição em relação ao jogo. A verdade é que os jogadores me transmitiram que iam jogar e que iam honrar a camisola do Benfica. Foi a nossa quinta final e só à quinta tentativa conseguimos o troféu. Com trabalho e dedicação, conseguimos, mais cedo ou mais tarde, alcançar os nossos objetivos», sublinhou.

Luís Filipe Vieira fez questão de lembrar o título «é uma conquista não só do Benfica mas, acima de tudo, de Portugal e de todos os portugueses».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.