Gary Hunt e Rhiannan Iffland, campeões em título do Red Bull Cliff Diving World Series, foram os vencedores da etapa açoriana, que decorreu entre quinta-feira e este sábado, no ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel. Com este triunfo, ambos os atletas reforçaram o seu domínio na classificação geral do Circuito Mundial.

O atleta britânico, que não vencia nos Açores desde 2016, teve de se apresentar ao melhor nível para bater Jonathan Paredes, que terminou a competição com seis notas 10, estabelecendo assim um novo recorde para o maior número de notas máximas conseguidas numa só etapa. O anterior melhor registo (cinco) era, precisamente, de Hunt.

Já a australiana alcançou um feito inédito ao vencer pela quarta vez seguida em outras tantas etapas da presente temporada, estabelecendo um novo recorde na categoria feminina. Iffland dominou do início ao fim, vencendo por uma impressionante margem de 22 pontos sobre a segunda classificada, Jessica Macaulay.

Veja as reações dos vencedores após o triunfo nos Açores

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.