O canoísta Kevin Santos apurou-se hoje diretamente para a final de K1 200 metros na derradeira oportunidade europeia de qualificação para Tóquio2020, feito que Francisca Laia e Sara Sotero imitaram em K2 500 na Hungria.

Só o primeiro lugar de cada uma das três eliminatórias dava direito a final direta, que Kevin Santos, de 1,96 metros, conseguiu com o tempo de 35,26 segundos, batendo o polaco Pawel Kaczmarek por 51 centésimos de segundo e o esloveno Vid Debeljak por 55: na quinta-feira, há somente duas vagas olímpicas em disputa.

De manhã, Joana Vasconcelos tinha igualmente agarrado a oportunidade única no K1 500 rumo à final, no caso com o melhor registo entre as três séries, enquanto o de Kevin foi o menos rápido.

Final direta igualmente para Francisca Laia e Sara Sotero com o segundo lugar em K2 500, em prova que qualificava três barcos: as lusas, que lideraram boa parte da regata, concluíram em 1.50,44 minutos, a 1,32 segundos das alemãs Sarah Bruessler e Melanie Gebhardt.

Na quinta-feira, só o triunfo levará a dupla lusa, formada há menos de duas semanas, a Tóquio2020.

Rumo à semifinal, a disputar ainda esta tarde, seguiram Marco Apura e Bruno Afonso, quartos em C2 1.000, Rúben Boas e João Pereira, sextos em K2 1.000.

As provas das jovens Inês Penetra e Beatriz Lamas, em C2 500, decorrem somente na quinta-feira.

Quem atingir o objetivo vai aumentar a equipa da canoagem que já integra Fernando Pimenta em K1 1.000, Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela em K4 500 e Teresa Portela em K1 200, canoístas que de sexta-feira a domingo competem na Taça do Mundo que se segue a este apuramento, e na qual vão testar a forma dos rivais para Tóquio2020.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.