John Geddert, antigo treinador da seleção feminina de ginástica dos EUA, foi encontrado morto esta quinta-feira, poucas horas depois de ser acusado de abusos sexuais e tráfico humano.

"Fui informado de que John Geddert foi encontrado morto na sua residência, onde tirou a própria vida. Esta é uma final trágica, numa história trágica para todos os envolvidos", disse a AFP, Dana Nessel, Procuradora do Michigan.

O técnico estava acusado de 24 crimes pela Procuradoria de Michigan, entre eles abusos sexuais às ginastas, tráfico humano, organização criminal e maus tratos.

John Geddert, de 63anos, foi afastado da seleção de ginástica feminina dos Estados Unidos em 2018 por suspeitas de que estaria ligado a Larry Nassar, médico da federação de ginástica dos EUA acusado de abusos sexuais de ginastas menores. Geddert  era visto como cúmplice de Larry Nassar nos abusos a menores.

Como treinador, Geddert levou os EUA  a vencer a medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.