A largar na lateral pista seis, sem a mesma perceção de corrida dos seus rivais, os irmãos portugueses fizeram toda a prova no quarto lugar, subindo na parte final e quase alcançando um resultado histórico.

À entrada para os últimos 500 metros tinham 4,47 segundos de atraso para a Suíça, que seguia em segunda, com os portugueses a recuperar imenso, mas não o suficiente para o seu sonho de pódio.

A campeã olímpica Irlanda ganhou em 6.34,72 minutos, batendo a Itália, bronze em Tóquio2020, por 3,68 segundos, a Suíça por 4,95 e Portugal por 5,33.

Afonso e Dinis deixaram para trás a República Checa, quarta nos Jogos Olímpicos e que os venceu na repescagem, que concluiu em quinta, a 8,23, bem como a Ucrânia, nona no Japão, que acabou a 20,82.

O apuramento para Paris2024 faz-se nos Mundiais de 2023, com sete barcos, havendo uma repescagem posterior, um par de meses antes dos Jogos Olímpicos.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.