O inglês Mark Selby sagrou-se hoje campeão mundial de snooker pela quarta vez na carreira, ao vencer na final o compatriota Shaun Murphy por 18-15, no Crucible Theatre, em Sheffield, Inglaterra.

Num palco lotado, Selby, que liderou a final desde que se adiantou por 8-7, repetiu os cetros de 2014, 2016 e 2017, sucedendo na lista de campeões a Ronnie O’Sullivan, vencedor da edição de 2020.

Mark Selby, de 37 anos, está agora no quinto lugar do ‘ranking’ da prova, apenas atrás de Stephen Hendry, sete vezes campeão mundial, e de O’Sullivan, Ray Reardon e Steve Davis, todos coroados em seis ocasiões.

No dia de hoje, o segundo da final, Murphy, de 38 anos, nunca conseguiu ameaçar verdadeiramente a liderança de Selby, falhando, assim, o seu segundo título, depois do arrebatado em 2005.

Selby tinha falhado a final de 2020, ao ser batido por O’Sullivan nas meias-finais, por 17-16.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.