O presidente da Federação Nacional de Squash (FNS) foi eleito vice-presidente da Federação Europeia (FES) da modalidade e pretende executar um mandato que se propõe a “garantir uma imagem nova” para o desporto, disse hoje à Lusa.

Segundo Luís Ferreira, eleito com cerca de 80% dos votos no primeiro dia de maio, o resultado “demonstra que toda a Europa estava a apoiar a candidatura”, num “marco histórico para Portugal”, que nunca tinha estado representado a este nível.

Na equipa do belga Hugo Hannes, que preside à FES, Luís Ferreira terá, durante os três anos do mandato, uma missão relacionada com a comunicação e ‘marketing’ da federação e da modalidade, depois do sucesso do que chama “uma campanha revolucionária nas redes sociais” para o desporto em Portugal.

“É o que a Europa precisa, garantir uma imagem nova, mais fresca e dinâmica”, explica.

Citado em comunicado, Hugo Hannes lembra o papel “fundamental no desenvolvimento do squash português” de Luís Ferreira, destacando a atribuição do estatuto de utilidade pública desportiva à FNS, no início do ano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.