As canoístas Teresa Portela e Joana Vasconcelos assumiram hoje a “sensação boa” de voltar a subir ao pódio juntas, algo já conseguido várias vezes antes do bronze de hoje em K2 200 da Taça do Mundo da Hungria.

“É uma sensação boa. Em 2018, também saímos daqui com medalha, é sempre uma boa recordação. Uma boa pista, boas memórias e uma motivação para o que aí vem, para mim os Jogos Olímpicos e para a Joana o apuramento, pois certamente vai com um sorriso maior”, disse Teresa Portela, à Lusa.

Em prova não olímpica, a dupla portuguesa completou a regata em 39,47 segundos, ficando a 64 centésimas de segundo das eslovenas Janic Ponomarenko e Anja Osterman, que bateram as ucranianas Mariia Kichasova e Liudmyla Kuklinovska por 34 centésimos.

“Uma prova de 200 metros já se sabe que é tudo muito próximo, competitivo. Com vento contra foi duro, mas desfrutámos, divertimo-nos e conseguir o bronze no fim foi fantástico”, assume a canoísta de Gemeses, Esposende.

A gaiense Joana Vasconcelos recorda que num desafio “muito curto” como os 200 metros “só dá para olhar para as costas da Teresa e dar o máximo, sem muito que pensar”

Depois de, na quarta-feira, ter falhado, por um lugar, o apuramento para Tóquio2020 em K1 500, assume que este resultado “é uma motivação” para a próxima semana quando, na Sibéria, disputar a última vaga da derradeira oportunidade de chegar aos Jogos Olímpicos.

“Claro que é uma motivação. Deu para nos divertirmos e desfrutarmos. Já tinha saudades de competir em K2, que não temos treinado. Foi bom para limpar um pouco a cabeça e divertirmo-nos”, completou.

Em Barnaul, Rússia, 3.600 quilómetros a este de Moscovo, promete “dar o melhor” para “voltar contente” a Portugal e regressar aos Jogos Olímpicos, depois do sexto lugar conseguido nas provas de K2 e K4 em Londres2012.

Além da medalha de bronze do K2 200, Portugal tem, até ao momento, o bronze de Fernando Pimenta em K1 1.000, conseguido no sábado, enquanto o K4 500 de Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela ficou hoje a quatro centésimos de segundo do bronze, com o quarto lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.