Trezentos atletas de 22 países participam no Campeonato do Mundo de Pesca Desportiva em Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, a 08 e 09 de setembro, prova na qual Portugal almeja lutar pelo ouro.

O campeonato de masculinos seniores de pesca desportiva de boia em água doce "é o campeonato mais importante e com mais relevância, porque é, dentro da modalidade da pesca desportiva, a prova onde estão incluídos mais atletas profissionais", disse à agência Lusa o vice-presidente da Federação Portuguesa de Pesca Desportiva (FPPD) com a pasta da água doce, Bruno Valente.

Apesar de Portugal não ter atletas profissionais, Bruno Valente afirma que foram dadas "condições à seleção para se poder organizar e estipular a melhor estratégia para atacar o ouro".

Nos favoritos, estão as seleções da Inglaterra, Hungria, Itália, França e Espanha, referiu.

Segundo Bruno Valente, nesta modalidade da pesca desportiva, Portugal só conquistou a medalha de ouro individual em 1993, em Coruche, sendo que, como seleção, a melhor classificação foi um quarto lugar.

"Temos atletas de nível mundial, mas estamos a competir com atletas que são profissionais", explanou.

O campeonato - que atribui medalha por prestação individual e por nações - decorre a 08 e 09 de setembro, mas os treinos oficiais para a prova arrancam já no dia 03.

Montemor-o-Velho, que acolhe agora este campeonato do mundo, tinha recebido, em 2006, os Jogos Mundiais da Pesca Desportiva, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.