A edição inaugural da Ocean Race Europe, prevista para a primavera de 2021, vai contar com a participação do VO65 português ‘Racing for the Planet’ da Mirpuri Foundation Race Team, que vai disputar a Ocean Race no ano seguinte.

Atendendo ao adiamento da regata à volta do mundo, agendada agora para 2022/2023, devido à pandemia provocada pela covid-19, a Ocean Race Europe pretende colocar em competição as embarcações IMOCA 60s e os VO65s de design único numa regata que terá passagem por cinco cidades europeias.

“A Ocean Race Europe, provisoriamente programada para decorrer ao longo do mês de junho, enquadra-se perfeitamente no calendário competitivo de 2021 e possibilita competição às nossas equipas, uma regata significativa no próximo ano a adicionar aos seus programas competitivos. Como é um evento novo, tem sido importante o apoio das equipas e velejadores a este projeto para podermos arrancar. E o ‘feedback’ tem sido extremamente positivo”, avançou Johan Salén, diretor geral da Ocean Race.

Entre as várias equipas já confirmadas para esta nova prova, que prevê um calendário a dez anos e será disputada entre a costa norte do Atlântico, na Europa, e o mar Mediterrâneo, está a Mirpuri Foundation Race Team, que vai participar igualmente na próxima edição da Ocean Race, com partida de Alicante em outubro de 2022 e chegada no verão de 2023 a Génova, Itália.

“Estamos muito entusiasmados com a Ocean Race Europe. Com o adiamento da regata à volta do mundo, esta é uma oportunidade perfeita para nós continuarmos a competir no próximo ano num tipo de prova para a qual a nossa equipa e barco (VO65) foram projetados. A possibilidade de combinar isso e o projeto de sustentabilidade com a nossa campanha, ‘Racing for the Planet’, é o ideal”, destacou o skipper francês da embarcação portuguesa, Yoann Richomme.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.