O austríaco Mathias Walkner (KTM) acredita que a etapa de hoje do Rali Dakar de todo-o-terreno foi "a etapa mais rápida" da sua vida.

Em declarações captadas antes de se inteirar do acidente do português Paulo Gonçalves no decurso da especial cronometrada, de 546 quilómetros, o piloto da KTM destacou a rapidez do percurso.

"Quatro horas e meia para fazer 55 quilómetros? Acho que foi a etapa mais rápida da minha vida. A velocidade média rondou os 130 km/h. Temos de estar concentrados, mas a areia torna as coisas menos visíveis", explicou.

Recorde-se que, em 2016, Walkner sofreu uma queda durante uma das etapas do Dakar desse ano e foi precisamente Paulo Gonçalves o primeiro piloto a parar para prestar auxílio ao corredor austríaco, que tinha uma perna partida, apesar de ser, nesse momento, o líder da corrida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.