"Condenamos os comentários racistas e sexistas dirigidos à piloto de camiões Aliyyah Koloc e à sua irmã Yasmeen, por um piloto e um mecânico de uma equipa concorrente durante o Rally Dakar", lê-se no comunicado divulgado, esta quarta-feira, pela FIA.

Em causa estão as palavras de Ales Loprais e Petr Pokora sobre as filhas de Martin Koloc, piloto duas vezes campeão europeu.

"Estou a ficar 'duro' pela terceira vez. Olha, a preta de Roudnice está a ir para a direita", comentou Loprais, ao qual Petr Pokora respondeu: "Bem ... Essa não é má, é aceitável. A outra não."

Entretanto Loprais já pediu desculpas, no entanto deverá ser castigado pelas palavras proferidas.

O Automóvel Clube da República Checa já veio a público sublinhar que não irá tolerar mais este tipo de comportamento.

"Qualquer alusão sexista ou racista é totalmente inaceitável e isso também se aplica a um atleta profissional. Recusamo-nos a tolerar retórica semelhante".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.