Bernat Martínez e Dani Rivas, pilotos espanhóis, morreram na madrugada desta segunda-feira em Laguna Seca, EUA, durante a segunda prova da corrida Superbikes/Superstocks, uma prova da MotoAmérica, competição satélite do Mundial de Superbikes.

O acidente aconteceu logo na primeira volta da corrida. Antes de chegar à primeira curva do circuito, uma travagem inesperada de um dos concorrentes levou a um choque em cadeia muito violento, envolvendo cinco pilotos. Apesar da rápida intervenção das equipas médicas presentes no local, não foi possível salvar os dois pilotos espanhóis, dada a gravidade das lesões sofridas.

Bernard Martínez foi transportado de ambulância para o Hospital da Comunidade de Monterrey onde viria a falecer. Tinha 35 anos. Já Dani Rivas, natural de Moaña, Pontevedra, foi transportado de helicóptero para o Natividad Medical Center de Salinas, onde viria também a falecer. Tinha 27 anos.

Bernar Martínez, natural de Alberic, Valência, tinha muita experiência no campeonato espanhol de velocidade e nas provas complementares do Mundial de Superbikes nos EUA. Dani Rivas era também um habitué nas competições de motociclismo em Espanha e recentemente aventurou-se nas provas internacionais como o MotoAmérica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.