Lewis Hamilton venceu o Grande Prémio da Hungria, terceira prova do Mundial de Fórmula 1, e é o novo líder do Mundial,  com 63 pontos. Mais um fim-de-semana fantástico para Hamilton, que conseguiu o triplete: 'pole', vitória na prova e volta mais rápida.

O piloto britânico da Mercedes, que partiu da 'pole position', terminou as 70 voltas ao traçado de Hungaroring com uma vantagem de 8,702 segundos sobre o holandês Max Verstappen (Red Bull) e 9,452 segundos sobre o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), segundo e terceiro classificados respetivamente.

O domínio foi tal que, a três voltas do final, quando tinha 28 segundos de vantagem sobre o segundo, o atual campeão do Mundo fez uma terceira paragem para colocar pneus novos e voltar à corrida à frente de Max Verstappen, para tentar a volta mais rápida (vale um ponto extra), algo que conseguiu na penúltima volta.

Esta foi a oitava vitória de Hamilton em Hungaroring, registo que lhe permite igualar o recorde de Michael Schumacher como piloto com mais triunfos num Grande Prémio. O alemão venceu o Grande Prémio de França, no circuito Magny-Cours, em oito ocasiões.

No sábado, Lewis Hamilton, de 35 anos, tinha-se convertido no primeiro piloto a chegar as 90 'poles' na Fórmula 1, num recorde onde a concorrência ficou muito longe: Michael Schumacher é o segundo, a distantes 22, com 68 no total, mais três do que o malogrado brasileiro Ayrton Senna, com 65 'poles'.

O holandês Max Verstappen (Red Bull Racing Honda) terminou no segundo posto, à frente do finlandês Valteri Bottas, piloto que ocupou o último lugar no pódio. Bottas ainda tentou ultrapassar o holandês na derradeira volta mas o piloto da Red Bull defendeu bem o seu lugar.

A prova em Hungaroring foi difícil para os pilotos: começou com piso molhado, o que levou alguns a cometer alguns erros, principalmente na largada, como aconteceu com Valteri Bottas, que partiu do segundo lugar da grelha mas perdeu vários posições.

Entre os Ferraris, Vettel foi o melhor, ao terminar no 6.º posto, atrás de Alexander Albon (Red Bull Racing Honda). Leclerc ficou fora dos pontos, ao terminar no 11.º posto.

Lewis Hamilton procura revalidar o título de campeão do Mundo de Fórmula 1, algo que o colocaria lado a lado com Michael Schumacher como piloto com mais títulos na modalidade: sete.

Esta foi a 86.ª vitória da carreira do hexacampeão mundial, que está a cinco do recorde estabelecido pelo alemão Michael Schumacher (91).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.