A quebra de um disco de travão no Cadillac obrigou à desistência dos portugueses Filipe Albuquerque e João Barbosa, quando seguiam na liderança das 10 Horas de resistência de Petit Le Mans, de encerramento do campeonato americano de resistência.

O carro número 5 da United Autosports foi forçado a parar a 24 minutos do final da corrida em Road Atlanta quando um dos discos de travão explodiu, forçando o abandono da equipa formada por Albuquerque, Barbosa e pelo britânico Mike Conway.

A vitória acabaria por sorrir aos brasileiros Felipe Nasr, Pipo Derani e ao norte-americano Eric Curran, num Cadillac da Whelen Engineering mas foi insuficiente para a equipa festejar o título.

Os novos campeões são o norte-americano Dane Cameron e o colombiano Juan Pablo Montoya (Acura).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.