O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), campeão do mundo em título, venceu hoje sem grande oposição o Grande Prémio de França em Fórmula 1, disputado em Paul Ricard, e voltou para a frente do campeonato.

Já dominador dos treinos livres e da qualificação, que venceu no sábado, Hamilton liderou a corrida de hoje desde o seu arranque, tendo ainda beneficiado de um incidente entre o seu principal rival no campeonato, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) e o seu companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas.

Vindo de trás no arranque da corrida, Vettel tentou surpreender os dois Mercedes no final da reta da meta, mas falhou a travagem e embateu na traseira do carro de Bottas, acabando os dois fora de pista e voltado à corrida na cauda do pelotão, que rolou até à sexta volta atrás do 'safety car'.

Hamilton aproveitou depois para gerir a sua corrida, que venceu com relativa facilidade, enquanto Vettel fez uma corrida de trás para a frente, fechando a prova no quinto lugar e minimizando assim as perdas para o britânico.

O corredor da Mercedes cumpriu as 53 voltas em 1:30.11,385 horas, superando o holandês Max Verstappen (Red Bull), segundo, em 7,090 segundos, e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), terceiro, em 25,888.

Vettel foi quinto a 1.01,935 de Hamilton, enquanto o quarto lugar foi para o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), a 34,736, que assim subiu ao terceiro lugar do mundial por troca com Bottas, que terminou a prova no sétimo posto, logo atrás do dinamarquês Kevin Magnussen (Haas).

A próxima prova do campeonato, o Grande Prémio da Áustria, disputa-se já no próximo fim de semana.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.