A organização do Grande Prémio da Grã-Bretanha de motociclismo de velocidade anunciou hoje que as corridas se disputam se a chuva parar de cair no circuito de Silverstone, em Inglaterra, até às 16:00.

"Devido às características da superfície da pista, é improvável que seja possível correr antes que a chuva pare. Se a chuva parar até às 16:00, realizam-se as três corridas, a começar pelo MotoGP, com as corridas a completarem-se cerca das 19:30", lê-se num comunicado.

No entanto, os responsáveis do Mundial de motociclismo de velocidade acrescentam que, "se for impossível começar as corridas antes das 16:50, a direção vai cancelá-las, a começar pelo Moto3".

A chuva que caiu durante a manhã e o início da tarde deixou a pista de Silverstone alagada e, por razões de segurança, foi adiado sucessivamente o início das corridas de MotoGP, Moto2 - na qual o português Miguel Oliveira tem o 23.º lugar da grelha - e Moto3.

A partida da corrida de MotoGP estava inicialmente agendada para as 13:00, mas a organização decidiu antecipar a largada dos pilotos para as 11:30, hora para a qual as previsões do tempo eram mais favoráveis.

Porém, a acumulação de água em várias zonas da pista, comprovada pelas dificuldades de controlo dos ‘safety cars’, ditou o seu adiamento.

Entretanto, o MotoGP anunciou também que a corrida só se vai realizar "se estiverem reunidas as condições de segurança" necessárias para os pilotos e que está fora de hipótese uma remarcação do Grande Prémio para esta segunda-feira.

A corrida de Moto2 estava prevista inicialmente para as 14:30 e a de Moto3 para as 11:20.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.