O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), vencedor do Grande Prémio dos Estados Unidos, afirmou hoje que “tudo é possível” na prova do México, no domingo, apesar da diferença de 26 pontos para Nico Rosberg, líder do campeonato do mundo.

“Foi genial vencer a minha 50.ª corrida. Tenho pensamento positivo e evito recordar o passado. Trabalho e treino muito. Sabia que os resultados chegariam”, referiu Lewis Hamilton, garantindo que “tudo é possível” e que “ainda há muitos pontos em jogo”.

Detentor do título e atual segundo classificado, o inglês tem uma desvantagem de 26 pontos em relação ao seu colega de equipa Nico Rosberg.

Para Rosberg, o objetivo é vencer o Grande Prémio do México para poder sagrar-se campeão do mundo de F1, mas para isso tem de esperar também que Hamilton termine em décimo lugar ou abaixo.

“O meu objetivo é ganhar a prova, como em todos os grandes prémios”, disse o piloto da Mercedes, divulgando que “deve concentrar-se no trabalho da melhor maneira” e que “será incrível conquistar o título mundial”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.