Favorito a mais um título no mundial de Fórmula 1, que começa no domingo no Bahrein, Lewis Hamilton procura superar as sete conquistas de Michael Schumacher (1994, 1995 e 2000-2004), e tornar-se no grande vencedor da principal categoria do automobilismo mundial.

O piloto britânico da Mercedes, campeão mundial em 2008 com a McLaren e em 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020 com a equipa alemã, já tem uma lista imensa de recordes na Fórmula

- Venceu 95 das 266 corridas que disputou desde a sua estreia na categoria em 2007, com pelo menos uma vitória por ano. Schumacher, segundo nesta questão, ficou no topo do pódio 91 vezes em 307 grande prémios.

Se o heptacampeão britânico vencer uma das provas do Mundial de 2021, o que parece bem possível, igualará mais um recorde do alemão: 15 temporadas consecutivas a vencer corridas, entre 1992 e 2006.

- No ano passado, Hamilton destronou Schumacher não só em número de vitórias, mas também em pódios: 165 contra 155. O terceiro colocado é o também alemão Sebastian Vettel, que nesta temporada vai defender a Aston Martin: com 53 vitórias e 121 pódios.

- Em termos de pole position, Hamilton detém o recorde, desde 2017, com 98, à frente de Schumacher (68) e do brasileiro Ayrton Senna (65).

- Já em relação à conquista da pole position, volta mais rápida e vitória no mesmo GP, Hamilton está atrás de Schumacher, 18 contra 22.

- Com 77 voltas mais rápidas na carreira, Schumacher lidera nesse ponto com grande vantagem, já que Hamilton só tem 53.

- Schumacher divide com o brasileiro Rubens Barrichello o recorde de 19 temporadas na Fórmula, enquanto Hamilton vai para a 15.ª em 2021.

O recorde para o número de largadas em GPs é de Kimi Räikkönen (330) à frente de Barrichello (323) e Fernando Alonso (312), que este ano voltou à Fórmula com a Alpine.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.