Sebastien Loeb (Citroen DS3) reforçou este sábado liderança do Rali de França, 11.º e antepenúltima prova do Mundial (WRC), e ficou a horas de assegurar novo título, o nono da sua carreira, todos consecutivos.

O piloto francês, de 38 anos, venceu quatro das sete especiais da segunda etapa e aumentou para 29,7 segundos a vantagem o segundo classificado e seu principal rival na luta pelo campeonato, o finlandês Jari-Matti Latvala (Ford Fiesta RS).

Caso no domingo, na terceira e última etapa, mantenha o primeiro lugar após as seis especiais que estão agendadas, Loeb garante o seu nono título mundial, numa série sucessiva de campeonatos que começou em 2004.

No próximo ano, o francês já anunciou que não irá disputar o título, tomando presença em apenas alguns ralis durante a temporada.

Na terceira posição e a fechar o pódio segue o também finlandês Mikko Hirvonen (Citroen), que está a 54 segundos da liderança.

A segunda etapa ficou também marcada por um despiste do piloto do Qatar Nasser Al-Attiyah (Citroen DS3), que provocou dois feridos entre os espetadores, na região de Pays d’Ormont, e por um aparatoso acidente do norueguês Petter Solberg (Ford Fiesta), que embateu num poste de eletricidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.