Jorge Lorenzo, que fraturou quinta-feira a clavícula esquerda nos primeiros treinos livres para o Grande Prémio da Holanda do Mundial de motociclismo, foi operado com êxito na sexta-feira, anunciou a Yamaha, equipa do espanhol.

Lorenzo, que ocupa o segundo lugar no Mundial de MotoGp, a sete pontos do compatriota Dani Pedrosa (Honda) foi transportado durante a noite de quinta-feira num avião privado desde Assen até Barcelona, onde foi operado numa clínica.

A intervenção cirúrgica foi liderada pelo cirurgião Joaquin Rodriguez, assistido por Ana Carreras, Marcos Cunas e Michele Zasa, numa operação que durou cerca de duas horas.

«Jorge Lorenzo sofreu uma fratura complexa na clavícula esquerda. Foi uma operação difícil mas que decorreu com êxito. Colocámos uma placa de titânio, com oito parafusos, para fixar os fragmentos», descreveu Michele Zasa, citado pela Yamaha.

Segundo a equipa nipónica, «só nas próximas horas se poderá estimar o progresso da recuperação» de Jorge Lorenzo, para depois ser possível “determinar a duração da reabilitação” do piloto.

O Grande Prémio da Holanda, que se disputará no circuito de Assen, disputa-se no próximo domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.