O espanhol Marc Coma, cinco vezes vencedor do Rali Dakar na categoria de motos, é o novo diretor desportivo da mais importante competição de todo-o-terreno do mundo, anunciou hoje a organização.

O catalão, de 38 anos, passa a ser o número dois do diretor da prova, Etienne Lavigne, sucedendo ao francês David Castera, que deverá voltar a competir no Dakar em 2016, como copiloto de um dos carros da Peugeot.

“Nunca imaginei que esta oportunidade fosse possível e ainda preciso de tempo para assimilar tudo isto. No entanto, tenho um bom ‘feeling’ em relação à organização da prova e a Etienne”, afirmou o vencedor das duas últimas edições do Rali Dakar, na categoria de motos.

O novo diretor desportivo fica assim a uma vitória do recordista, o francês Stéphane Peterhansel, na especialidade de motos do Rali Dakar, que nasceu no continente africano em 1979 e passou para a América do Sul em 2009.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.