O piloto espanhol Marc Marquez (Honda) venceu hoje o Grande Prémio de Indianápolis, conseguindo a décima vitória em dez provas já disputadas esta época no Campeonato do Mundo de velocidade (MotoGP).

Marquez, que partiu da "pole position", recuperou de uma partida falhada e completou as 27 voltas em 42.07,041 minutos, 1,803 segundos à frente do compatriota Jorge Lorenzo (Yamaha) e com 6,558 segundos de vantagem sobre o italiano Valentino Rossi (Yamaha).

Ao conseguir a décima vitória consecutiva na categoria rainha do motociclismo, Marquez iguala um recorde de 1997 do australiano Mick Doohan (Honda). Por outro lado, o triunfo representa a centésima vitória de um piloto espanhol na categoria principal do motociclismo (e n.º 500 em todas as categorias).

Mas, para conseguir a vitória, Marquez teve de se aplicar, especialmente durante a primeira metade da corrida. Na largada, o espanhol deixou-se surpreender pelos italianos Andrea Dovizioso (Ducati), Andrea Iannone (Ducati) e Valentino Rossi (Yamaha), que à segunda curva assumiu a liderança.

O campeão do Mundo iniciou então uma recuperação com técnica e paciência, ultrapassando Iannone e lançando-se em perseguição de Dovizioso e Rossi. À sexta volta, quando Dovidiozo assumiu a dianteira com uma ultrapassagem a Rossi, os dois tocaram-se e alargaram a saída da curva, permitindo a Marquez ascender ao primeiro lugar e Jorge Lorenzo ao segundo.

Iniciou-se então uma luta acesa pelo primeiro lugar - entre Rossi, Marquez, Jorge Lorenzo e, até certo ponto, Dovizioso -, que durou até à 11.ª volta, quando Marc Márquez consolidou a dianteira e começou a abrir distância para os perseguidores.

A dez voltas do final, Marquez ainda estabeleceu um novo recorde do circuito: 1.32,831 minutos, fechando um fim de semana quase perfeito.

O piloto espanhol lidera o Mundial de MotoGP com 250 pontos (só vitórias nas dez provas já disputadas), seguido do espanhol Dani Pedrosa (161) e do italiano Valentino Rossi (157).

Em Moto2, o finlandês Mika Kallio (Kalex) foi o vencedor, à frente do espanhol Maverick Viñales (Kalex) e do suíço Dominique Aegerter (Suter). Kallio impediu assim um pleno espanhol em Indianápolis, já que Efren Vasquez conseguiu a vitória em Moto3 (a sua primeira), numa corrida em que o português Miguel Oliveira (Mahindra) terminou em sétimo, depois de ter recuperado de uma partida na 18.ª posição da grelha.

A próxima etapa do Mundial de MotoGP (a 11.ª de 18 corridas) será já no próximo fim-de-semana, em Brno (República Checa).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.